Friday, December 16, 2016

Os 4 meses do P.

Acabaste de fazer 4 meses e nem acredito em como aqui chegamos. A cada dia que passa, o meu coração aumenta de amor por ti é só me apetece comer-te com beijos. Bem sei que este blog está do mais lamechas que há, mas aqui a dona vive um enamoramento intenso com este bebé que a cada dia a presenteia com gracinhas novas. 

Está um bebé grandinho e é um bocadinho gordinho. Continua o maior chorão, sendo que agora parece que o choro ganha mais força. Já parece demonstrar algumas características do seu feitio e parece-me que vem aí muito trabalhinho. Grita e já esperneia quando é contrariado sem parar, que no caso dele mais não é do que ficar uns momentos no ovo ou na alcofa. 

Continua a palrar imenso e adoro quando se lembra de durante largos minutos cantar algo parecido como "ié ié". Olha muito para as suas mãos e brinca com elas. Continua a sorrir muito, mas não tanto quanto chora. Continua a estranhar as pessoas, mesmo aquelas que vê de vez em quando. Já parece gostar do banho. Aleluia! O banho era uma tormenta, pois era um choro desmedido do início ao fim. De dia, continua a dormir zero ou então dormita uns momentos no colinho claro. De noite, continua a acordar a cada 4 horas. Em noites más dorme menos horas seguidas e tem noites também em que chora só porque sim e quer colinho. Independentemente de quanto dormir, a partir das 7:30/8h já não dorme mais! 

Agora com 4 meses, vai começar a papa, a sopa e a fruta. Tudo de forma gradual durante as semanas deste mês. Nem acredito que o meu P. já vai comer outras coisas que não o leitinho. E nem sei como vou conseguir preparar as suas refeições com calma, pois ele só quer colo! 

É um mimalha, eu sei. Mas sabem, não me importo. Sei que ando exausta. Há dias em que mal sinto os braços ou me aguento de pé. Mas faço este esforço pelo meu P. e não vou na cantiga de que está a ser estragado e que agora só quer colo. Ele é o que é e não o é só porque lhe dei colo a mais. Nem existe colo a mais, nem mimo a mais. 



1 comment:

A Pimenta* said...

Essa história do colo a mais também acho que é uma treta. E quando se é mãe, ouve-se logo coisas como "ai, não o habitues ao colo", "vai ser um mimado", etc. Eu sempre ignorei essas coisas! O importante é fazeres o que achas melhor para o teu filho!
4 meses já se passaram e vais perceber que o tempo não pára mesmo!