Friday, April 14, 2017

Oito meses ūüíôūüôŹ

Oito meses de ti meu amor.
O tempo passa e com ele vem a certeza de sentir um amor desmedido. 
Estou completamente lamechas e uma m√£e babada.

Meu querido P., j√° est√°s um crescido. J√° s√£o oito meses a ser tua m√£e. Oito meses de sonhos, de brincadeiras. Oito meses de noites mal dormidas. Oito meses de ensinamentos e aprendizagens. Sim, ensinas-me a ser m√£e todos os dias, a toda a hora. 

Nestes oito meses, j√° interages tanto connosco. Se eu rio √† gargalhada, tu retribuis. Se chamo pelo teu nome, tu respondes com o olhar r√°pido. Se conversar contigo, tu observas em sil√™ncio. 
Já sabes também o que são birras, pois quando contrariado, choras.
J√° tens quatro dentinhos. E ficas uma del√≠cia. Voltaste a palrar com mais frequ√™ncia e derreto-me com as tuas "conversas". 
Adoras virar-te. E quando achei que já dormias melhor, decidiste que queres ginasticar durante a noite e então é ver-te virar e rebolar a toda a hora durante a noite.
Continuas a comer bem. E pareces apreciar tudo o que dou. 
Continuas a gostar de companhia e de muito colinho.

Meu beb√© querido, parab√©ns pelos teus oito meses! Que continues saud√°vel e a inundar as nossas vidas de amor e felicidade. N√£o h√° maior certeza no mundo do que o meu amor por ti.